Metronidazol Bula, Comprimido, Creme e Preço

Metronidazol – Saiba o que é, confira bula e posologia, além de informações sobre indicações deste medicamento.

O Metronizadol é um medicamento antibiótico que é apresentado em diversas formas, como a suspensão oral, o gel e na forma de injeções. Esse antibiótico age principalmente contra bactérias anaeróbicas, causadores de uma série de doenças infeciosas, especialmente certos tipos de protozoários.

Metronidazol

A principal apresentação do Metronizadol é o comprimido. No brasil, este medicamento é amplamente utilizado para o combate a doenças causadas por bactérias e protozoários, como a amebíase, giárdia, tricomoníase entre outras. Diversas dessas são originárias do interior ou de áreas com saneamento precário ou ausente, o que facilita a propagação dessas doenças. O comprimido age como inibidor de síntese de DNA em bactérias e protozoários anaeróbicos, tendo assim efeito antibiótico.

O metronidazol ainda possui outra apresentação: o gel ou pomada, que é utilizado para o combate de doenças de pele causada por bactérias e parasitas, e doenças expostas nas partes íntimas do corpo. Devido seu efeito antibiótico, como citado acima, o tratamento com acompanhamento médico para doenças dermatológicas com metronizadol creme ou gel tem mostrado efeitos positivo no combate a diversas doenças de pele.

Metronidazol - Para que serve?

Basicamente o metronidazol é um medicamento agente no combate a infecções, bactérias e parasitas, especialmente os anaeróbicos, combatendo a síntese do DNA nas células dos parasitas, assim evitando sua propagação. Além disso, o metronidazol serve para o combate de doenças de pele, quando aplicado em sua forma em gel, sobre pontos infectados por algumas contaminações como a da acne rosácea.

Algumas das doenças que podem ser combatidas com a ingestão do metronidazol via oral são: Infecções por bactérias anaeróbicas, amebíase tanto intestinal quanto a hepática, pode ser usado de maneira preventiva conta infecções no caso de cirurgias e pós operatório contra diversos tipos de infectantes, contra a Uretrite e vaginite causada por certos protozoários, entre outros.

Apresentações e embalagens do Metronidazol

Metronidazol associado ao Álcool

Assim como a maioria dos medicamentos – especialmente no caso dos antibióticos -  o uso do Metronidazol associado ao consumo de álcool acarreta sérios riscos à saúde, por isso deve ser evitado a todo o custo. Os efeitos primários podem incluir náuseas, vômito, rubor da pele, taquicardia e falta de ar. Fabricantes alertam que o consumo de álcool deve ser evitado por pacientes em terapia com uso de metronidazol, e por pelo menos 48 horas após o fim do tratamento.

Além disso, vale lembrar que o metronidazol pode causar redução da capacidade do fígado durante o tratamento, o que dificulta que o corpo humano metabolize o álcool no sangue, potencializando os efeitos tóxicos do etanol no organismo.

Laboratórios que produzem Metronidazol

Confira a seguir alguns dos laboratórios que trabalham com a produção do medicamento:

Fabricantes de Metronidazol 1

Fabricantes de Metronidazol 2

Deixe seu comentário!

Deixe uma resposta